Os Símbolos Sagrados

 

Dumo

 

Raku

Historicamente, um símbolo nada mais é do que um condensador. É uma representação física de uma idéia, de uma forma-pensamento, que adquire vida e se alimenta de pensamentos vibracionalmente harmônicos. Existem pequenas variações na escrita dos mesmos, sendo apenas uma questão de estilo.

 

Com os símbolos do Reiki não é diferente, apenas que foram redescobertos, ou como alguns preferem dizer, canalizados para o Mestre Usui pelos antigos Mestres Ascencionados, de tempos imemoriais de nosso planeta e foram encontrados por Mikao Usui, escritos por um discípulo anônimo de Buda há cerca de 2500 anos e são entregues ao neófito no segundo nível, sendo posteriormente revelados, ou outorgados outros símbolos, na mediada que o praticante avança pelos níveis III-A e III-B, pois além de sagrados, são fechados, ou seja, só os iniciados tem acesso ao poder etérico dos mesmos.

 

Podemos utilizar símbolos abertos, tão sagrados quanto os fechados.

 

Os símbolos constituem-se na essência do Reiki, sagrados e extremamente poderosos, compõe-se de um Mantra, o som de Alto Poder Vibratório, e um Yantra, o desenho com forma de Alto Poder Vibratório. São disparadores de energia e uma vez ligados produzem resultados específicos conforme a intenção de quem os dispara. Representam a energia constituindo-se em uma chave de acesso para Portais de outras dimensões, bem como para cura. Só são ativados por uma pessoa iniciada no nível II por um Mestre de Linhagem, caso contrário se tornam inúteis.

 

Suas ativações são automáticas e uma vez ativados não necessitam de nenhuma outra condição para seu funcionamento. Uma vez funcionando, captam energia e as retransmitem potencializadas ao seu destino.

 

Eles são amplificadores da energia Reiki que passa a poder ser transmitida e a atuar fora dos limites dimensionais em que nos situamos, podendo também limpar energeticamente seres vivos, locais, objetos ou qualquer outra coisa existente ou situação vivida, no presente, no passado e no futuro, possibilitando a melhor visualização de nossas capacidades sensoriais e extrassensoriais. Devem ser desenhados corretamente, com respeito, harmonia e beleza. 

Entenda os níveis do Reiki

Reiki não é religião, mas uma técnica de manipulação de energia, que pode ser usada para praticamente tudo, desde tratamentos holísticos de saúde, tanto físicos quanto comportamentais, em pessoas, animais, plantas, locais etc. e que denomino “receptor”.

 

Pode atuar no presente, passado ou futuro, em uma escada pessoal ou planetária, mas para isso, o manipulador, o reikiano ou reikiana, precisa se adequar aos níveis de energia que irá manipular, e assim como um atleta ou qualquer outro profissional, exige dedicação, esforço, aprendizado constante e mais importante: prática!

 

Como em qualquer área do conhecimento humano, aprende-se o básico e treina-se, trabalha-se esse conhecimento, e nos aprimoramos em etapas sucessivas.

 

O “sistema” Reiki é composto por várias técnicas diferentes, denominadas linhagens, cada qual com sua especialidade e características específicas, mas a base comum é o Reiki Usui e baseado nesse princípio, a capacitação do reikiano foi dividida em níveis:

 

1º - No primeiro nível, o Shoden, o Despertar, a pessoa é Iniciada, com a passagem de um “quantum” de energia do seu mestre pessoal e da Hierarquia que compõe a Egrégora formada pelos Mestres Ascencionados e por todos que integram a mesma, e com isso, “canaliza” a energia e a envia, sempre pessoalmente, individualmente, para o receptor, e cada sessão de tratamento deverá durar uma hora;

 

2º - No segundo nível, o Okunden, a pessoa recebe a outorga, a autorização de ativar três símbolos sagrados,  o Cho Ku Rei, o Sei He Ki e o Hon Sha Ze Sho Nen, que são verdadeiros portais dimensionais capazes de romperem as barreiras do espaço e do tempo e que, quando ativados, possibilitam que a pessoa canalize um volume muito maior de energia, fazendo com que o tempo de aplicação caia para 15 minutos, com o receptor estando perto ou do outro lado do planeta e o mesmo poderá atuar no presente, passado e futuro. Imagine o que esse poder nos traz, poder sanar traumas do passado ou auxiliar um evento futuro, mas sempre para um receptor por vez;

 

3º - No terceiro nível, o 3A, o Shinpinden, é o nível do mestre de si, onde a pessoa recebe novas outorgas, novas autorizações, o Dai Koo Myo e no meu curso Reiki Usui Tibetano, o Dumo e o Raku, que são os novos símbolos que expandem sua capacidade de manipulação de energia ao infinito, podendo assim, atuar em escala planetária e o tempo da aplicação se reduz para apenas 5 minutos!

 

4º- No quarto nível, o 3B, o Gokukaiden, a pessoa recebe os ensinamentos para poder ensinar todos os quatro níveis, pois é o nível do mestre dos mestres.

 

Nem todos reikianos se propõem a ensinar Reiki, mas são claras as vantagens de avançar até o Shinpinden, o nível 3A, pois o tempo da aplicação se reduz para apenas 5 minutos, além de poder atuar com diversos “receptores” simultaneamente, o que é uma grande vantagem se pensarmos na nossa vida diária!

 

Se auto aplicar Reiki diariamente por uma hora, é algo que muitas pessoas não conseguem, devido a correria da vida moderna, mas reservar 5 minutos na agenda de afazeres diários é algo bem mais acessível.  

Em outras Linhagens, como na do Reiki Elemental, o tempo de aplicação é imediato, apenas um toque ou um passo, enquanto que na Lightarian Reiki, símbolos não são utilizados. 

Quer saber mais? Seja um Mestre Reiki!

 

E se além das outorgas já alcançadas, você quiser ativar a energia das ervas, das pedras e gemas, das velas, das águas e entrar em contato com os Elementais que cuidam e zelam por elas e pelos animais, seja um Mestre Reiki Elemental! 

Com alguns meses de dedicação e treino, toda pessoa consegue realizar ações como essas, basta querer, pois Reiki é uma Técnica de Terapia Holística reconhecida pela Organização Mundial da Saúde e até pelo SUS!

Seja você também um Mestre ou uma Mestre Reiki Elemental. Veja a opinião dos nossos alunos.

Oferecemos cursos de formação em Mestrado Reiki Usui e Tibetano desde o nível 1 ao nível 3B, Mestrado em Reiki Elemental​ e em Kundalini Tantra Reiki. Escolha o seu!

​Se você já é um Mestre Reiki, de qualquer linhagem, já pensou em se habilitar para a outorga de Mestre Templário?

 

Saiba mais sobre essa outorga neste link: Templar Degree, mas apenas para Mestres Reiki.

Veja o conteúdo programático dos mesmos e comece hoje mesmo a descobrir uma nova realidade, que sempre esteve a sua volta!!

Estaremos te esperando!

Cho Ku Rei

 

 

O símbolo do Poder, usado para ativar, para concentrar e equilibrar a energia Reiki em um ponto específico no "alvo" durante o tratamento: uma pessoa, um animal, lugar ou coisa. Significa "Coloque todo o poder do Universo aqui".

 

Esse é o mais poderoso, e o único que pode ser usado de forma independente, e você o usará todas as vezes que ativar a energia REIKI com sua intenção.

 

Todos os outros símbolos dependem desse para sua ativação e sua utilização potencializa a energia REIKI usada no Nível I, saltando dos 20% para os 100% de ativação da mesma.

 

É um símbolo que deve ser usado em qualquer ocasião. Esse é o símbolo do poder, permitindo a nossa ligação imediata com a Energia Cósmica, e o fluir da ENERGIA REIKI.

 

Quando o desenhamos, trazemos a energia do cosmos para o Plano Físico, concentrando-a e direcionando-a conforme nossa intenção. Sentimos como se entrássemos na ENERGIA. Esse símbolo potencializa a energia REIKI, deixando-a ativa no “destino” por muitas horas após sua aplicação.

 

Transmuta energias de níveis inferiores para padrões mais elevados, pois, traz a energia sutil que passa a ocupar o espaço que antes era ocupado por energias densas, sanando, realizando ou curando. O símbolo inicial definido pelo Mestre Usui possuia apenas duas voltas e foi modificado pela Mestra Tanaka!

 

É também conhecido por vários nomes como “Decreto Imperial”, “O Interruptor Da Luz”, “Imediatamente”, “Alinhar-se com o Cosmos”, “Deus está Aqui” ou “Energia Cósmica Aqui e Agora”. É utilizado para a proteção, para isolar as energias da pessoa que está em tratamento, impedindo a mesma de contaminar o terapeuta.

 

 

Utilizando o Cho Ku Rei

 

 

Para aumentar o poder de suas habilidades de cura; usá-lo como um interruptor de luz (desenhe ou visualize-o na sua frente ou em suas mãos);

 

• Para se concentrar em um ponto específico do corpo do paciente;

 

• Para aumentar o poder de todos os outros símbolos, desenhando-o antes de desenhar os outros símbolos;

 

• Para fechar um espaço em torno do receptor e para evitar que as energias que o paciente recebeu desapareçam do corpo, desenhando-o por cima do corpo com a intenção de selar o processo de tratamento;

 

• Para limpar espiritualmente um cômodo da energia negativa, para deixá-lo repleto de luz e torná-lo um lugar sagrado: desenhe ou visualize o símbolo em todas as paredes, teto e chão com a intenção de energizar o mesmo, pois, as construções retêm energias negativas oriundas de diversas fontes, que se acumuladas, tornam-se bastante prejudiciais, contaminando seus moradores ou frequentadores assíduos. Também, como consequência do mundo moderno, nos ambientes que habitamos, trabalhamos ou frequentamos, cada vez mais somos cercados de redes de energias eletromagnéticas: rádios, televisores, freezers, micro-ondas, aparelhos de som etc. Nas paredes, cada vez mais passam fios, alta tensão, ferragens. Para isso, o símbolo deve ser traçado inicialmente nos cantos do ambiente, pois, a energia move-se em círculos e sua tendência é concentrar-se nos cantos, e depois nos cômodos que contiverem eletrodomésticos;

 

• Para limpar cristais e outros objetos de energias negativas. Desenhe o símbolo do Poder acima ou sobre o cristal ou objeto com a intenção de purificá-lo e restaurá-lo ao seu estado original. Segure o objeto em sua mão não dominante e "envie" Reiki ou envie de longe, juntamente com Hon Sha Ze Sho Nen;

 

• Para se proteger de energias negativas de outras pessoas, desenhe ou visualize o mesmo na sua frente ou de outra pessoa, com a intenção de criar um campo de força em torno de você ou nele;

 

• Antes de sentar, desenhe-o sobre a cadeira, transmutando a energia; também faça o mesmo sobre qualquer coisa que queira limpar ou energizar, como a cadeira onde uma visita irá sentar-se;

 

• Use-o nos alimentos e na água, que passam de desenergizados a saudáveis e com poder de cura;

 

• Use-o em medicamentos, potencializando seus efeitos desejáveis e reduzindo os indesejáveis;

 

• Para tirar um pensamento negativo, traçamos imediatamente o Cho Ku Rei e acontece a mudança de padrão de energia e pensamento;

 

• No autotratamento, ou na aplicação em outras pessoas, o símbolo deve ser visualizado no Chakra Coronário, no sentido da testa para a nuca, antes da aplicação. Dessa forma, os canais energéticos do corpo serão desbloqueados e limpos mais rapidamente. Com esse procedimento, absorvemos mais energia vital e podemos diminuir o tempo mínimo para cada posição de 5 para 2,5 minutos;

 

• Coloque-o na entrada de sua residência ou local de trabalho, atrás de um quadro, por exemplo, dentro de um envelope lacrado;

 

• Ao estudar, desenhe o mesmo em cada página que for ler;

 

• Coloque-o na caixa de medicamentos ou desenhe o mesmo nos frascos dos remédios;

 

• Use-o para localizar objetos perdidos ou encontrar uma vaga em um estacionamento.

Sei He Ki

 

Esse é o segundo símbolo do grupo usado no Nível II de REIKI. Seu Yantra lembra um Dragão, o grande protetor que cospe o fogo da transmutação e introduz a divindade em nosso corpo energético, alinhando os 4 Chakras superiores.

 

Como Terapeutas, nossa experiência mostra que a grande maioria dos problemas físicos possui origem emocional. Sentimentos e reações como à culpa, ira, inveja, rejeição, solidão, são algumas das causas das doenças humanas. O Sei He Ki direciona a energia REIKI para o corpo emocional, por isso, é recomendável sua utilização em todos os tratamentos, pois, acaba com vícios e compulsões, como Gula e uso de Drogas.

 

Tem o poder de diluir os padrões negativos que tiveram suas origens em antigos conflitos, sentimentos, memórias etc e com isso, nos ajuda a encontrar as causas escondidas em nosso inconsciente e no das pessoas que estão sendo tratadas.

Facilita a cura, possibilitando a descoberta da causa do problema, descobrindo essa energia causadora dos padrões negativos existentes em nosso momento atual, revolvendo em nossos arquivos de memórias infantis, da vida intrauterina, indo até vidas passadas e aos registros Kármicos quando associado ao 3º símbolo do grupo que estudaremos a seguir. 

 

Seu trabalho se dá especificamente sobre os Chakras Cardíaco e do Plexo Solar, que são os que recebem energia mais diretamente do corpo áurico emocional, e assim curando os bloqueios emocionais que estavam seguros nessa região da AURA.

 

Aquele que recebe o REIKI conecta-se diretamente com esse aspecto emocional, de forma suficiente para resolvê-lo definitivamente, bem como sua manifestação física se for o caso.

 

Pode ser usado para outras finalidades, como proteção, purificação, para transformar energias negativas, tirar obsessores, defesa de energias negativas em formas de emoções de pessoas ou entidades.

 

É conhecido por vários nomes como “Purificação”, “Chave do Universo”, “Deus e a Humanidade tornam-se um”, “O Homem encontra Deus” ou “Emocional”.   

 

 

Utilizando o Sei He Ki

 

Esse símbolo sagrado atua no corpo emocional e no inconsciente, além de equilibrar os dois lados do cérebro, o racional e lógico, com o criativo e fantástico, o que possibilita harmonia e tranquilidade.

 

Possui aplicações variadas, como erradicar vícios, mudar hábitos e costumes indesejáveis e tratar compulsões. É um símbolo que tem o poder de fazer com que emoções internas e traumas que estavam a nível inconsciente venham à tona, tornando-se conscientes, e assim liberando essas energias nocivas e difíceis de serem localizadas.Também pode ser usado na prática para melhorar a memória e tratar da obesidade.

 

 

Quando devemos usar o Sei He Ki:

 

• Para ajudar a curar dependência de drogas, álcool, fumo etc;

 

• Auxiliar no tratamento de problemas que perduram há muito tempo;

 

• Tratamentos de bulimias ou anorexia nervosa;

 

• Problemas de relacionamento;

 

• Tratamentos de crises nervosas, medos e fobias;

 

• Tratamento de raivas, tristeza e outras emoções;

 

• Dor de luto pela perda de ente querido;

 

• Para reforçar afirmações;

 

• Para aumentar a intuição e inspiração;

 

• Neutralizar atmosferas negativas;

 

• Balancear as energias da sua casa, local de trabalho etc;

 

• Balancear as energias de pedras e cristais;

 

• Acalma discussões acaloradas;

 

• Melhora situações de problemas de comunicação;

 

• Auxilia no tratamento de pacientes em coma;

 

• Perder peso;

 

• Pode ajudar a encontrar as coisas fora do lugar, desenhando-o e pedir ajuda para encontrar;

 

• Para melhorar sua memória ao ler e estudar, apenas desenhe o símbolo em cada página medida que as lê;

 

• Adicione o símbolo ao fazer Reiki, não importa se é uma sessão normal ou de longa distância, como muitos problemas físicos têm raízes mentais ou emocionais, ele auxiliará no tratamento de bloqueios e resistências.

Hon Sha Ze Sho Nen

 

 

 

É também conhecido como “Nem Presente, Nem Passado, Nem Futuro”, “A Divindade que existe em mim saúda a Divindade que existe em você”.

 

Trabalha sobre os Chakras da Garganta, Frontal e Coronário. Esse símbolo atua sobre as ondas quânticas, proporcionando ação fora do espaço (trabalho a distância) e do tempo atual (presente).

 

Quando enviado ao passado, ajuda a tratar de traumas de infância ou de vidas passadas, influenciando um evento passado e reprogramando-o e em uma espécie de efeito dominó, o presente e o futuro passam a reagir, e assim a realidade é transformada.

 

Nesse caso, pode usar uma foto da época do trauma. Se isso não for possível, e se não tivermos a data em que o trauma aconteceu, apenas pensamos no evento, e com afirmações, peça que a energia REIKI vá a causa e a sane.

 

 

 

                                       Utilizando o Hon Sha Ze Sho Nen

 

Use o Hon Sha Ze Sho Nen para:

 

• Para projetar Reiki para pessoas presentes no ambiente;

 

• Para enviar energias de Reiki para o futuro, para ajudar com a tarefa específica ou estar lá como um suporte;

 

• Para enviar Reiki para o passado para descobrir, entender e liberar um trauma;

 

• É usado para cura e energização a distância, em pessoas ausentes, como também em sessões de imposições de mãos e autotratamento, atuando no corpo mental e na parte consciente da mente;

 

• Enviada ao futuro, a energia REIKI pode ser armazenada ou acumulada e será disparada e recebida na hora previamente determinada; 

 

• Essa técnica é de grande utilidade quando vamos passar por situações difíceis, que possam estressar, como uma entrevista para um trabalho, uma audiência na justiça, uma consulta médica ou odontológica, uma prova ou um concurso;

 

• Também pode nos ajudar a transformar situações que irão ocorrer, determinadas pelos nossos trânsitos planetários;

 

• Tratando crianças ou outros pacientes, enquanto estão dormindo;

 

• Para trabalhar em pendências kármicas de outras vidas;

 

• Para tratar pacientes que não podem ser tocados, por riscos de contágio ou outras lesões;

 

• Para enviar Reiki para áreas que sofreram catástrofes, no nível III-A;

 

• Para enviar Reiki para uma cidade, região ou pais em conflito, no nível III-A;

 

• Para enviar Reiki para grupos ou organizações, no nível III-A;

 

• Atua em doenças profundamente enraizadas, indo na origem da mesma;

 

• Use-o em cristais, plantas e animais.

O Símbolo de Longa Distância, para a ligação com outros seres, mundos e níveis de percepção, usado para enviar energia em qualquer lugar, a qualquer momento, no passado, presente ou futuro, e é o terceiro símbolo do grupo utilizado em Reiki no Nível II. A ativação desse símbolo elimina qualquer barreira de distância, de tempo e de espaço.

 

Direciona a energia para o Consciente, para o Corpo Mental, sendo usado para transpor o tempo, para intervir nas ondas quânticas, traz o “continuum” de tempo, e aí são rompidas as ligações de passado, presente e futuro.

 

Este símbolo acaba com qualquer barreira entre o emissor e o receptor, pois, sendo dirigido pela intenção, faz os campos áuricos interagirem independentes de qualquer obstáculo.

 

Os Registros Akáshicos contêm todos os pensamentos, emoções, sentimentos, compromissos kármicos, ou seja, tudo o que a mente de cada ser vivo emitiu desde sua origem, guardado em forma de energia. Permite o acesso e a manipulação desses arquivos, ajudando, quando possível, amenizar o Karma (Compromisso).

Dai Koo Myo

 

Seu significado pode ser traduzido como: “Nos levando de volta a Deus” ou “Deus brilhe sobre mim e seja meu amigo”. É o símbolo da Cura da Alma.

 

Cada símbolo do REIKI concentra sua atuação num dos corpos:

 

  • O Cho Ku Rei tem sua mais forte ressonância no nível do Corpo Físico;

  • O Sei He Ki, no corpo emocional;

  • O Hon Sha Ze Sho Nen, com o corpo mental;

  • O Dai Koo Myo trabalha no nível do corpo espiritual.

 

Em tratamentos é extremamente eficaz, combatendo diretamente as raízes das doenças. Trabalhando direto no corpo espiritual sua atuação se dá no projeto original que gerou o corpo físico.

 

Esse é o símbolo das curas ditas miraculosas.

 

Aqui ocorrem as transformações da vida. Nas curas a distancia use inicialmente o Dai Koo Mio, depois o Hon Sha Ze Sho Nen, o Sei He Ki e finalmente o Cho Ku Rei. 

 

 

Usando o Dai Koo Myo

 

Como o Dai Koo Myo é um potencializador em qualquer espécie de trabalho de CURA ou transformação, permitindo a Realização, pode ser ativado em qualquer lugar ou situação, até dirigindo veículos.

 

Ativado, o REIKI começa a fluir em nossas mãos, olhos e pensamento, independente do que estejamos fazendo.

 

Como nos outros símbolos sua ativação depende de seu Mantra ser ativado três vezes, na sequencia.

 

 

Deve ser sempre usado antes dos demais símbolos, para potencializá-los:

 

  • No Autotratamento usamos o Dai Koo Myo e depois o Cho Ku Rei.

 

  • Em trabalhos de problemas emocionais, a sequência de ativação dos símbolos é o Dai Koo Myo, o Sei He Ki e o Cho Ku Rei.

 

  • Em processos mentais, e curas ou transformações fora do tempo e do espaço, usamos o Dai Koo Myo, o Hon Sha Ze Sho Nen, o Sei He Ki e completamos com o Cho Ku Rei.

 

  • Com essa combinação podemos irradiar a energia para um numero ilimitado de pessoas simultaneamente. Da mesma forma, curamos multidões, fauna, flora, eco sistemas inteiros, cidades, países e o planeta: primeiro o Dai Koo Myo, depois o Hon Sha Ze Sho Nen, o Sei He Ki e o Cho Ku Rei.

 

  • Nas técnicas caderno e da caixa, inclua o Dai Koo Myo, passando a sequencia de ativação a ser Dai Koo Myo, Hon Sha Ze Sho Nen, Sei He Ki e Cho Ku Rei.

 

  • Use a mesma técnica da caixa para sua caixa de medicamentos e para os demais objetos que já tenham símbolos, tais como quadros, cadeiras, portas etc.;

 

  • Usado na purificação e energização de cristais e pedras, programando-os para que se auto purifiquem:

    • Segure o Cristal ou a Pedra entre suas mãos em concha, enviando energia REIKI;

    • Inicialmente visualize o Dai Koo Myo e então o Hon Sha Ze Sho Nem, para purificar todas as dores e energias negativas absorvidas pelo mesmo;

    • Após isso, programe-o com o Cho Ku Rei, afirmando um objetivo, como o seu desejo;

    • Se estiver programando para problemas mentais conscientes ou que necessitem que se saia do espaço e do tempo, como por exemplo, outra época ou outro lugar, adicione o Hon Sha Ze Sho Nem antes do Sei He Ki.

    • Sele o processo visualizando o Dai Koo Myo, selando seu pedido, por exemplo, que a partir desse momento o Cristal ou a Pedra se auto purifiquem.  Mesmo assim, é recomendável que você purifique a pedra quando sua intuição assim determinar.

 

  • Acrescente o Dai Koo Myo nas técnicas aprendidas no nível II, ficando a sequencia: Dai Koo Myo, o Hon Sha Ze Sho Nen, o Sei He Ki e Cho Ku Rei.

Dumo

 

É o Dai Koo Mio Tibetano. Este é um símbolo para o Mestre de Reiki Tibetano, que representa o "fogo" de Kundalini. Para ser usado apenas por Mestres de Reiki Tibetanos.

 

É o de mais alto nível, de mais alta frequência vibracional e permite que no conectemos com a nossa Essência Divina, nos ajuda a encontrar o nosso lugar no mundo e a conhecermos o nosso plano de vida, que aceitamos antes de reencarnar.

 

Auxilia-nos a encontrar o caminho para a Iluminação Espiritual, que só por ser percorrido individualmente.

 

O Dumo energiza e revitaliza o centro de cada um dos chakras, limpando o canal astral que está ligado aos mesmos, intensificando a cura da alma e do nosso karma.

 

Utilizando o Dumo

 

Como os demais símbolos, ative-o repetindo seu mantra três vezes depois de desenhá-lo.

 

Para senti-lo e se acostumar com essa energia, desenhe-o nas palmas de sua mão dominante, ative-o e foque seu olhar na ponta inferior do raio durante alguns segundos. 

 

Não se desconcentre ao sentir a energia do mesmo. Feche os olhos, respire fundo, absorvendo essa energia e fique assim, de olhos fechados por alguns segundos, até que sinta que a absorção se completou. 

 

Não desanime se não sentir nada, ele estará ai, atuando e quanto mais fizer esse pequeno exercício, mais facilmente a energia fluirá e com maior intensidade.

 

É utilizado nas iniciações, mas pode e deve ser usado em varias outras situações, pois utilizando o poder da energia Kundalini, ativa energias de alta concentração para sanar diversos problemas, entre eles:

 

• Remoção de energia dissonante, viajando desde as mãos o cérebro do terapeuta para a área do corpo do paciente onde for mais necessário;

 

• Pode seu utilizado em conjunto com a Respiração Violeta;

 

• Usado para limpar as energias negativas de uma sala ou local;

 

• Usado na purificação de cristais, pedindo as pedras para que se autopurifiquem;

 

• Usado em exorcismos;

 

• Unifica a mente e o corpo ao trabalhar com o fogo do chakra Raiz;

 

• Potencializa florais e elixires de cristais (água de cristal): 

     - Desenhe-o e ative-o, seguido do Cho Ku Rei, sobre o frasco com a água enquanto o mesmo está sendo energizado pelo Sol afirmando a sua intenção da cura ou proteção. 

     - Deixe o líquido repousar por pelo menos 5 minutos após a ativação;

 

• Remoção de Vírus, obsessores e aparelhos parasitas: 

    - Aterre-se e crie seu campo de proteção;

    - Desenhe e ative o Dumo e o Cho Ku Rei no corpo do paciente, declarando a intenção de capturar os vírus, obsessores e aparelhos parasitas;

    - Deixe sua mão na zona por alguns minutos, para que o símbolo entre no corpo do paciente;

    - Mentalize o Dumo girando dentro do paciente e capturando os mesmos;

    - Inverta a polaridade do Dumo, desenhando-o novamente e declarando a sua intenção de remover os vírus, obsessores e aparelhos parasitas;

    - Deixe a mão por cima do corpo do paciente por alguns minutos. Com isso o Dumo sai do corpo do paciente, trazendo consigo o que capturou;

    - Direcione o símbolo e sua carga negativa para um portal de luz violeta, para serem transmutados;

    - Repita o procedimento no local, para que eventuais resíduos possam ser capturados e transmutados;

    - Encerre normalmente.

 

• Na preparação da meditação para Kundalini;

 

• Use-o nas meditações e envio de Reiki para o Caderno e caixa de Reiki.

Raku

 

Utilizando o Raku

 

 

Utilize o Raku nas seguintes situações:

 

  • Para eliminação de dores nas costas;

 

  • Durante meditações, para maior equilíbrio e receptividade;

 

  • Para procedimentos de cura, realinhando os chakras;

 

  • Para que o paciente seja mais forte animicamente, acredite mais em si e seja mais independente;

 

  • Para eliminar sintomas de estagnação ou preguiça;

 

  • Para harmonização de ligações doentias;

 

  • Na preparação da meditação para Kundalini;

 

  • Use-o nas meditações e envio de Reiki para o Caderno e caixa de Reiki;

 

  • No Reiki, o Raku é utilizado nas iniciações, onde tem duas funções:

    • Fixar de energia que foi despertada. Nas práticas tibetanas é definido como "O raio de luz que mantém a Chama Sagrada";

    • Reconectar as pessoas à Terra, pois, a conexão com o Divino um deslocamento da realidade. Vajra é a palavra sânscrita e a equivalente tibetana é DORJE e simboliza a imutabilidade da real natureza da realidade.

 

Representa a serpente adormecida enrolada na base da coluna e cada curva representa um chakra. É o raio de luz, da conclusão, da integração total. É chamado Serpente de Fogo ou Fogo Kundalini, é usado para separar a aura de Mestre de Reiki e a aura do paciente e somente deve ser usado por mestres de Reiki.

 

O Raku simboliza o Vajra (símbolo de pureza) do Budismo Vajrayana, também conhecido como o diamante do Caminho do Tibet. Vajra é uma palavra sânscrita e seu equivalente tibetano DORJE e simboliza a imutabilidade da verdadeira natureza da realidade.

 

 

 

Antahkarana

 
Antahkarana é um símbolo multi-dimensional e é muitas vezes chamado de "ponta-do-arco-íris", porque representa as sete cores do arco-íris, bem como os sete chakras do corpo humano. De outra perspectiva este símbolo aparece como um cubo tridimensional. Sua energia se move para cima de duas para  três dimensões, que podem ser vistos e continuam através das dimensões invisíveis por todo o caminho para a maior dimensão, a dimensão do Eu Superior.
 

O símbolo Antahkarana tem sua própria consciência. O símbolo é tão poderoso que pode funcionar muito bem, independentemente de energia externa, sua presença cria um efeito positivo sobre o chakras, aura e os corpos sutis, sabendo a quantidade de energia necessaria no tratamento.

 

Limpa e energiza todos os sete meridianos que vão de cima para baixo do corpo humano. A energia emitida a partir desses símbolos se movem para cima, a partir do chakra raiz, indo até o chakra coronário e desce novamente, da cabeça até o chakra da raiz,  de um lado da frente do corpo e, assim, a energia vai estar se movendo ao redor e  por todo o corpo, criando assim um perfeito equilíbrio no fluxo de energia e criando harmonia.

 

Alguns autores como fazem referência a este símbolo como sendo um "símbolo tibetano usado em rituais por milhares de anos para a cura e meditação", enquanto outros falam de sua utilização não só no Tibete e na China durante milhares de anos, mas também na Lemúria, há cerca de 100.000 anos atrás.

 

Segundo diversas canalizações, este símbolo foi criado por um conselho de Mestres Superiores, que vigiam a evolução da nossa galáxia, tendo sido trazido ao nosso Planeta no período Lemuriano, juntamente com o Reiki, em virtude de problemas existentes naquela altura, relacionados com o fato da humanidade necessitar de restabelecer a ligação com o seu Eu Superior.

 

Os três setes do yantra do Antahkarana representam:

  • Os 7 Chakras

  • As 7 Cores do Arco-Íris

  • Os 7 Tons da Escala Musical

 

O seu nome é proveniente do sânscrito e significa "Antar" = interior e "Karana" = instrumento.

 

Este símbolo tem sido guardado por milhares de anos em mosteiros, para o proveito de muito poucos; na Era de Aquário torna-se finalmente acessível, não só para a cura, mas também como ferramenta de evolução espiritual, pois, proporciona um reforço da ligação entre o cérebro físico e o Eu Superior, a Alma. Os três braços do símbolo representam: corpo, mente e espírito.

 

 

 

 

Os tipos de Antahkarana

 

 

Existem diversos tipos de Antahkarana:

 

  • Antahkarana Yang: masculino, tem os “7” mais largos. É solar, energizante, direto, focado, penetrador e ativador.

  • Antahkarana Yin: feminino tem os “7” mais finos. É lunar, passivo, gentil, calmante, depurativo.

  • Antahkarana Cruz Cósmica: consiste de sete Antahkaranas individuais, correspondente ao chakra na linha em que um cruza o outro. Este símbolo abre o chakra cardíaco para as energias positivas, purificando-o. Use o símbolo masculino ou feminino.

 

 

 

 

  • Antahkarana Quadrado: A Grade é composta por 16 Antahkaranas individuais e é utilizada para afastar a negatividade e bloqueios em qualquer ponto do corpo. Pode liberar velhas formas de pensamento congestionadas e hábitos. Como as propriedades inerentes do quadrado são para dissipar energia e de dispersão, é aconselhável fazer o aterramento antes e depois de sua utilização. Esse aterramento pode ser alcançado através da meditação ou aplicando diretamente o símbolo do sexo masculino no chakra raiz.

 

 

  • O Antahkarana Masculino com linhas extendidas: é um símbolo extremamente poderoso quando se trata de energia. Ele tem o símbolo antahkarana masculino acompanhado pelas pirâmides seguidas pelas linhas retas que passam através da seção transversal e, assim, tornando-se o símbolo do Antahkarana Definitivo. Basta olhar por um tempo para saber a diferença e vai senti-lo. O famoso Sri Chakra tem o mesmo princípio de pirâmides ou triângulos, mas, muito maior e mais complexo, com nove grandes pirâmides, seguido por 43 pirâmides menores ligadas umas as outras em uma forma perfeita e é o símbolo supremo para afastar qualquer tipo de mal e trazer prosperidade.

 

 

 

 

Utilizando o Antahkarana

 

 

Utilize o símbolo para a sua própria cura. Desenhe-o num papel ou pedaço de tecido, coloque-o junto ao seu corpo, com a área desenhada voltada para o local que necessita de cura. Use-o para concentrar e ajudar a atuação da energia Reiki, colocando-o no local onde você pratica as suas sessões de tratamento.

 

Pode ser colocado em uma parede, ou em uma tela de computador, só a sua presença cria um efeito positivo na aura e nos chakras, neutralizando as energias dissonantes. Utilize-o também nas suas meditações, olhando simplesmente para ele enquanto faz todo o processo, ao meditar com este símbolo, ativa-se automaticamente a órbita microcósmica, enviando-se a Ki (energia vital individual) através dos canais energéticos centrais do corpo.

 

Durante a meditação, o símbolo pode deslocar-se e alterar-se para imagens diferentes. Se isso acontecer, não se assuste, é o seu corpo se ajustando vibratoriamente a um novo padrão energético. Note que o Antahkarana e as práticas com o mesmo, não fazem parte dos ensinamentos originais de Mikao Usui, ou seja, apesar de ser um símbolo sagrado, não é um símbolo fechado.

 

Muitos acreditam que a cor desse símbolo é o verde, mas podemos e devemos desenhar sete Antahkaranas, um de cada cor e coloca-los um em cada chakra correspondente.

 

Os símbolos​​ Antahkarana podem e devem ser usados:

 

  • Como um cartaz na parede de seu quarto, sala, cozinha, entrada de qualquer lugar, pois como disse anteriormente, apenas por tê-lo ao redor começa o trabalho feito.

 

  • Para neutralizar a energia negativa e cobrir com energia positiva objetos como cristais, seus animais, jóias, pêndulos, medicamentos etc.

 

  • Para carregar energéticamente  a água potável e os alimentos, colocando-os sobre o símbolo.

 

  • Para fazer “Tratak” ( o reiki ou yoga com os olhos) com o simbolo: durante a meditação,  olhe-o suavemente para chegar ao seu subconsciente mais rapidamente.

 

  • Ajuda a superar qualquer medo e incute força interior, confiança, saúde, paz e relaxamento.

 

  • Em tratamentos de Reiki, ela dobra a energia e cura o paciente muito mais rápido do que o habitual. O símbolo deve estar voltado para baixo em direção ao chakra, coloque suas mãos sobre ele;

 

  • Coloque o símbolo sob seu travesseiro, cama, na cadeira que se sentar enquanto estuda, trabalha, em chinelos, sapatos, e em veículos, em sua carteira ou dinheiro etc.

 

  • Para obter uma boa visão durante aplicação reiki, hipnose, regressão a vidas passadas, progressão, ou viagem astral, só para citar algunmas práticas de ciências espirituais.

 

  • Para manter a sua casa, escritório e ambientes carregados de energia positiva e boas vibrações.

 

  • Na cura, colocando a imagem de um indivíduo ou paciente que precisa se recuperar rápidamente sobre o símbolo ou pode ser usado por você mesmo, colocando sua própria fotografia para receber sempre um fluxo contínuo de energia positiva.

 

  • Você pode usar o símbolo Antahkarana em qualquer lugar que quiser, e como quiser,  não há efeitos colaterais e não causa nenhum dano.

Tam A Ra Sha

 
Este é o símbolo do equilíbrio e do desbloqueio.

 

Faz o aterramento e reequilibra as energias, auxiliando no desbloqueio do centro energético do chakra, permitindo que a energia flua.

 

Use-o juntamente com o Antahkarana.