Medo, depressão, culpa, ansiedade?

Entenda os Elementais Negativos e saia dessa!

Como você lida com a vida moderna? Com a ansiedade, frustração, insegurança, etc.? Todos sabemos que a soma desses sentimentos leva a depressão, mas como sair disso?

Um dos grandes problemas do mundo atual é a maneira com que as pessoas interagem com a sociedade de consumo que criamos...

Somos bombardeados o tempo todo pela mídia, que nos empurra apelos de consumo e para termos um padrão de comportamento que é impossível de se manter, como o emprego dos sonhos, sem perceber que os empregos estão acabando e indo para a China, basta ver a origem dos produtos nos camelódromos e lojas populares!

 

Na telefonia, criamos uma estrutura onde somos induzidos a nos conectarmos a um mundo que nos impõe a aquisição de celulares cada vez mais complexos, mais caros e que consomem mais recursos dessa infraestrutura, alimentando uma roda de consumo sem fim.

 

E para que? Quantos navegam pela internet para aprender algo, visitar um museu ou algo assim?

 

Os “top trends” são futilidades, apelos ao consumo e ostentação, como uma foto de uma celebridade ou de um prato sofisticado ou uma bebida em um restaurante da moda ou da turma em uma “balada”.

 

Temos que provar ao mundo que somos felizes, mas no nosso íntimo, cada vez mais a ansiedade, a frustração e a culpa de não termos o último modelo do celular, do carro dos sonhos, da casa maravilhosa, da vida sofisticada nos assola, e isso leva as sensações de angustia, medo, insegurança e frustração para a maioria da população.

 

Mas pouco se comenta sobre as energias e “seres” que regem essas emoções humanas negativas: os Elementais Negativos.

 

A moderna Psicologia já conseguiu identificar mais de 6.000 emoções e cada uma delas é governada por um Elemental Natural.

Mestre Jairo Pereira - MBA

Certificação Internacional IARP

Mestre Usui Tibetano, Celta, Elemental,

Lightarian, Kundalini Tantra, Templar Degree

Quer saber mais? Seja um Mestre Reiki!

 

E se além das outorgas já alcançadas, você quiser ativar a energia das ervas, das pedras e gemas, das velas, das águas e entrar em contato com os Elementais que cuidam e zelam por elas e pelos animais, seja um Mestre Reiki Elemental! 

Com alguns meses de dedicação e treino, toda pessoa consegue realizar ações como essas, basta querer, pois Reiki é uma Técnica de Terapia Holística reconhecida pela Organização Mundial da Saúde e até pelo SUS!

Seja você também um Mestre ou uma Mestre Reiki Elemental. Veja a opinião dos nossos alunos.

Oferecemos cursos de formação em Mestrado Reiki Usui e Tibetano desde o nível 1 ao nível 3B, Mestrado em Reiki Elemental​ e em Kundalini Tantra Reiki. Escolha o seu!

​Se você já é um Mestre Reiki, de qualquer linhagem, já pensou em se habilitar para a outorga de Mestre Templário?

 

Saiba mais sobre essa outorga neste link: Templar Degree, mas apenas para Mestres Reiki.

Veja o conteúdo programático dos mesmos e comece hoje mesmo a descobrir uma nova realidade, que sempre esteve a sua volta!!

 

Estaremos te esperando!

O texto abaixo é um pequeno trecho dos meus cursos de Reiki, onde abordo alguns dos Elementais Naturais Negativos:

 

ANSIEDADE:

Esse Elemental ataca sempre os chakras Raiz, Cardíaco e o Frontal, atuando nos corpos mental, e emocional, refletindo no físico,  retirando energia direta da pessoa e com isso, consegue acoplar energias mais densas e normalmente faz com que a pessoa tome decisões precipitadas e impossíveis de serem cumpridas, fazendo assim que a pessoa seja tragada para as baixas esferas vibratórias, permitindo que os mais diversos tipos de Elementais Negativos se acoplem a mesma, criando assim um círculo vicioso de energias mal qualificadas e instabilidade emocional e perturbação mental.

COMODISMO:

Pode ser considerado mais uma condição emocional e qualidade da personalidade do que um Elemental em si, mas pode gerar muitos elementais na estrutura emocional que uma pessoa possui. Este Elemental acopla-se no sistema nervoso e tem como ponto central de atividade os chakras Esplênico e no Frontal, drenando a capacidade criativa da pessoa.

 

CULPA:

Gera uma condição de incapacidade e falta de autoestima, altamente destrutiva e compassiva que deixa a pessoa com muitos obsessores suicidas que estão no Umbral ou em frequências similares pelas suas experiências de vida.

É muito similar ao Elemental do medo, pois, devido aos grandes dogmas religiosos que adquirimos no decorrer da nossa existência, acabamos por ter culpa em relação a algo que não deveríamos ter feito ou acreditamos nisso.

Assim este Elemental atrai para o nosso campo eletromagnético muitos obsessores pelo efeito de ressonância que existe entre a intenção, o sentimento e as emanações dele, que acabam atraindo seres da mesma equivalência energética que os retém nas dimensões negativadas, o Umbral dos espíritas, ou em frequências muito próximas a da realidade física da Terra.

Atacam diversos pontos do corpo e podem escolher como reação kármica determinados órgãos e membros do corpo. Não existe um ponto específico para o ataque, depende da estrutura emocional da pessoa, normalmente as coisas dão erradas na vida de uma pessoa que carrega culpa e consequentemente medo, pois, nada dá certo em sua vida e isso requer um profundo trabalho de limpeza e alinhamento dos chakras e provavelmente trabalhos de regressão.

 

DEPRESSÃO:

Extremamente perigoso, uma vez iniciado o processo obsessivo, se infiltra nos corpos da pessoa, corroendo suas forças, suas energias e vontades, destrói os relacionamentos humanos, podendo induzir ao suicídio e posterior ovoidização.

Deve ser tratado com muito cuidado, pois, muitas vezes a simbiose entre o hospedeiro e o mesmo é total.

 

MEDO:

Produz fraqueza de caráter e síndromes de pânico, depressão, insegurança e interferências no campo emocional. Este sentimento que é um Elemental tem relação também com síndromes e níveis de consciência onde o fanatismo prevaleceu em alguma vida passada, o que passa a ser um fardo negativo dentro da nossa busca espiritual de transmutação que tentamos fazer, o que explica porque tantas dificuldades no decorrer do mesmo.

Muitas entidades desencarnadas tentam interferir no nosso caminho devido ao medo do desconhecido e isso acaba por atuar em nosso inconsciente, é um dos elementais mais complexos, ele em algum ponto de nossa existência esteve presente e está a atuar em algo dentro do nosso emocional ou mental.

Este Elemental ataca sempre os chakras Raiz e o Plexo Solar, por que retira energia direta da pessoa e com isso, consegue acoplar energias mais densas e normalmente faz com que a pessoa ao dormir, seja tragada para as baixas esferas do umbral, onde existe uma parcela dela presa nessa realidade, normalmente de vidas passadas, criando assim um círculo vicioso de energias mal qualificadas e instabilidade emocional.

NEGATIVIDADE:

É um exemplo comum de energia que uma pessoa gera, que a leva a derrota, atraindo para si energias equivalentes e muitas vezes acabam por contaminar outras, pois, dentro desse Elemental, temos a atuação de outros sem que a pessoa perceba, gerando assim um aglomerado de intenções negativas que podem vampirizar o campo eletromagnético de alguém ligado a essa pessoa, principalmente no círculo familiar.

Muito comum em questões de inveja familiar por profissão, beleza e das próprias relações familiares mal resolvidas, que muitas vezes tem relação kármica e com isso podemos atrair muita coisa ruim para nossa vida.

Tem uma relação mais pessoal e não tão direcionada como as outras que emitimos para outra pessoa. Atua no s chakras frontal, cardíaco e plexo solar, por ser a emissão de fracasso e de sentimentos mistos em relação a isso, o que faz com que entre na sintonia de diversos centros e órgãos de vital importância da vida.

Sua atuação é diretamente relacionada com a forma de ser da pessoa que está com esse Elemental.

 

SOLIDÃO:

Elemental que age destruindo os centros de força da pessoa, fazendo com que a mesma perca a alegria de viver, de querer se recolher a si mesma, dentro de seus próprios pensamentos.

 

Atua também na auto obsessão, que pode culminar no processo de ovoidização do ser, já desencarnado.

VÍCIO:

Elemental complexo, atua em casos de auto obsessão, incutindo nos demais chakras um desequilíbrio, os paralisando e em seguida estimulando a negatividade, fazendo com que a pessoa nunca esteja satisfeita com as sensações físicas, emocionais e mentais, gerando uma sensação de vazio, de inutilidade da vida.

 

Destroem as relações humanas, a autoestima e a saúde dos vários corpos, físico e sutis, em um processo que se não for interrompido, permanece mesmo após a morte do corpo físico, transformando a pessoa em um futuro obsessor. Deve ser tratado com muito cuidado, pois, como na Depressão, muitas vezes a simbiose entre o hospedeiro e o mesmo é total. A pessoa se vicia nas emoções negativas!

Se estendermos a lista, seria enorme, mas o conceito básico foi apresentado acima.

 

Temos que entender que as Fontes Naturais são criações divinas que equilibram as energias psíquicas que pairam no planeta.

 

Mesmo com a atuação dessas Fontes Naturais, nossa atmosfera psíquica é densa, tóxica para seres mais sutis. É como se caminhássemos por uma área contaminada por radiação ou outras substâncias tóxicas.

 

Tudo na Criação é energia e como tal, gera e consome para se manter em equilíbrio.

 

É impossível eliminarmos uma Fonte Natural, é natural, divina, mas podemos e devemos sanear as causas internas que nos ligam as mesmas e as suas “cadeias alimentares”.

 

Hã?

 

Cadeia alimentar?

 

Sim, nossas emoções e pensamentos alimentam os Elementais Negativos Artificiais, gerados por nós e que abordarei na sequência, mas, quando os mesmos “morrem”, ou seja, se desfazem, suas energias são reabsorvidas pelo planeta, pelas Fontes Naturais e como cada tipo de energia vibra em uma frequência específica definida pela emoção ou pensamento que a gerou, cada uma será absorvida pela Fonte correspondente.

 

A Vida é uma eterna renovação, assim como a matéria do nosso corpo físico retorna a terra, realimentando o ciclo da Vida, portanto, o que precisamos fazer é nos desconectar dos Elementais Negativos, simplesmente eliminando a fonte de seus “alimentos”, ou seja, o nosso comportamento, ditado pelos nossos padrões mentais e emocionais.

 

A “síndrome do Reiki” não é nada menos do que a limpeza, a ruptura com esses elementais, pois como o Reiki é uma grande cura, estamos curando nossos corpos, o físico, o emocional, o mental.