Veja os campos de energias plasmados em uma Iniciação à distância


Alguns questionam a validade de uma Iniciação que não seja presencial...

Outros até dizem que ela não acontece e que na verdade o receptor passa a doar seu próprio Ki nas suas aplicações, que é uma temeridade, uma irresponsabilidade etc.

O que dizer de uma Iniciação de cura, onde o receptor está em estado terminal, isolado em uma UTI e o Mestre não pode se posicionar à sua frente e costas, para realizar os procedimentos iniciáticos?

Provavelmente aprenderam assim e com isso, propagam mais um mito...

Vamos analisar o envio de Reiki para o passado de uma pessoa...

Todo reikiano nível II consegue realizar essa aplicação, utilizando o yantra Hon Sha Ze Sho Nem, pois o mesmo rompe a barreira do espaço-tempo, certo?

Mas...

Para onde enviamos essa energia? Qual o local do espaço-tempo que ele ressoará?

Nosso planeta orbita em torno do Sol, portanto ao enviarmos energia para o passado (ou para o futuro), o planeta não estará na mesma posição!

Pior ainda: o Sol circula o centro da galáxia, ele também se move! Nós é que temos a impressão de um sistema espacial estático e não dinâmico, na verdade, a Terra viaja pelo universo em um movimento espiralado, seguindo o Sol, que segue seu trajeto.

Portanto, ao enviarmos Reiki para o passado ou para o futuro, enviamos energia para outro ponto do espaço, onde o planeta estava ou estará em determinado momento!

Mestres atuam com mais intensidade do que um reikiano nível II, e mesmo assim, pessoas ainda refutam Iniciações à distância...

Assista o vídeo e veja o campo mental do receptor, pasmado enquanto realizava mais uma Iniciação à distância...

Existem diversas técnicas de Iniciação à distância, podemos <continue lendo e assista o vídeo>

#KundaliniTantraReiki #IniciaçãoReiki #Apometria #GrandeFraternidadeBranca

Featured Posts
Recent Posts
Follow Us
Nenhum tag.
Search By Tags
Archive
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square