Resoluções para 2016?


Muita gente faz uma lista de resoluções para o ano que inicia, mas na verdade deveríamos perguntar a nós mesmos qual a nossa missão nessa vida? Apenas trabalhar, ganhar dinheiro e gasta-lo?

Não pode ser apenas isso! A Vida é muito mais preciosa do que simples futilidades, por mais sofisticadas que sejam, como um carro novo, uma casa nova, o último modelo de computador ou celular etc.

A pergunta correta seria: qual o tamanho do seu desafio, do seu destino, da sua missão?

Se sua resposta foi entender a Vida, o motivo pelo qual estamos aqui, nesse local, nesse país, nessa família, sociedade e nesse estágio atual da Humanidade, provavelmente esteja no caminho certo, mas lembre-se que os nossos adversários são as nossas provas, os nossos testes, em suma, os nossos mestres que a Vida coloca em nosso caminho para que possamos aprender com eles, pois sem desafios, não existe aprendizado.

Pensando assim, muitos buscam na espiritualidade, no desenvolvimento consciencial a resposta a essas perguntas, mas que tipo de pessoa você é?

Classifico as pessoas como passivas ou ativas, dogmáticas ou não.

Passivos (a absoluta maioria da população):

Não despertos: simplesmente passam pela Vida, estão no Caminho, mas nem percebem;

Despertos: são os contemplativos, introspectivos, estão na solitária busca da Iluminação, o

Grande Vazio budista, por exemplo.

Ativos: são despertos e optam por ação e novamente podem ser positivos ou negativos.

Os negativos são os obsessores, os vampiros energéticos, mas já discutimos isso em outra postagem.

Os positivos atuam conforme sua crença: podem ser do tipo Pregadores, como os que invadiram a mídia nas últimas décadas, podem ser consoladores, como os kardecistas e determinadas linhas de Umbanda, ou podem ser Agentes, como os reikianos, apometras, projetores e diversas outras matizes, como Xamanismo, Wicca, as teologias de descendência afro e tantas outras.

Os reikianos são um tipo especial de agentes, pois como Reiki não é religião, mas uma técnica, podem atuar em qualquer corrente de trabalho, de qualquer crença, com a vantagem de não gastar sua energia própria, o Ki, nem a de seus guias e mentores.

Com isso, um Mestre Reiki consegue manipular um volume enorme de energia, independente de corrente de sustentação ou local. Somos templos, usinas de energia ambulantes, na matéria ou desdobrados.

Esse é o mecanismo que atua nos Círculos de Reiki, os “Reiki Mawashi”, onde além da cura, as desobsessões são comuns, pois no fundo, são curas de almas.

Assista o vídeo e veja algumas dessas técnicas sendo aplicadas e seus efeitos.

Namastê!

#Desobsessão #Elementais #aplicandoreiki #EvoluçãoConsciencial #CírculosdeReiki

Featured Posts
Recent Posts
Follow Us
Nenhum tag.
Search By Tags
Archive
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square