Água Energizada e água fluidificada, entenda a diferença!

A Água Energizada e a Água Fluidificada são fenômenos vibratórios distintos, mas ambos partem do mesmo princípio: a colocação e energia positiva ou negativa na água.

 

Isso mesmo!

Existem pessoas que “ativam negativamente” a água!

 

Mas o que vem a ser isso?

 

Como isso é feito?

 

Ambas são fenômenos vibratórios onde a energia enviada (ou se preferir, canalizada), é armazenada na estrutura etérea da água, conforme a foto acima.

 

As pesquisas do dr. Massaru Emoto já mostraram a interação entre os psions, a nossa energia mental e a água. Descobriu-se que a água tem uma memória emocional, que é resultante da energia enviada para a mesma, conforme a foto:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Diversas técnicas fluidificam a água, como imantação por entidades espirituais em casas de oração e templos.

 

A tradicional água benta das igrejas católicas é um bom exemplo, assim como as águas fluidificadas por Mentores e Guardiões, das mais diversas correntes teológicas e uma oração, feita com fé, age da mesma maneira.

A vantagem de fluidificarmos uma água com Reiki, ou seja, enviarmos Reiki para a água, pedindo uma ação de cura,  é que somos nós os agentes e não nossos Mentores ou Guardiões!

 

Nós, reikianos, assumimos o nosso papel, deixando de ser meros coadjuvantes, pedindo e partimos para a ação, ou seja, assumimos nossa parcela de responsabilidade e amparados pelo Reiki, ativamos a mesma.

 

Qual a vantagem?

 

Simples:

 

Estamos no corpo físico e ao mesmo tempo, canalizamos a energia Reiki, não gastando nem a nossa nem a dos nossos Mentores e Guardiões. Dividimos a responsabilidade!

 

A Água energizada é obtida com a combinação da aplicação de outros elementos à mesma. Esses elementos, assim como nós, estão em suas jornadas pela matéria e podem ser pedras, cristais, metais, ervas etc.

 

Com isso, agregamos a água a energia dos mesmos, além da nossa energia pessoal e a do Reiki, deixando-a assim muito mais potente. Um Mestre Reiki pode fluidificar ou energizar a água, dependendo de sua ação, e um Mestre Reiki Elemental ativa todas as potencialidades dos elementos agregada a mesma.

Normalmente fazemos a imersão do elemento na água, com os devidos cuidados para evitar efeitos colaterais.

Nunca energize água com ervas, pedras, cristas ou metais se não souber o que está fazendo. Isso pode causar danos a sua saúde! Consulte um Mestre que conheça sobre essas ativações, não siga qualquer informação sem confirma-la antes!

 

Cada elemento, cada pedra, cristal, metal ou erva tem em sua essência o elemento que a caracteriza e esse elemento pode ativar um aspecto nos nossos corpos ou restringir a atuação desse aspecto, diminuindo sua influência, limpando determinado chakra ou atuando no nosso corpo emocional, mental ou espiritual.

 

Muitas vezes temos a visão no plano físico dessa atuação, com a água apresentando bolhas, que não são frutos de gaseificação da mesma, mas da atuação de uma energia mais sutil, etérica.

 

Portanto, se você pedir para a água limpar seu corpo, físico ou sutil, despeja a água em um jardim, na grama, em uma planta e peça para os Elementais transmutarem a energia negativa ali acumulada, ou simplesmente jogue-a no vaso sanitário, junto com um pouco de sal.

 

Se pedir para a água te curar, te energizar, beba-a depois do ritual.

Já discutimos o uso do sal e das ervas em outras postagens, mas se quiser aprender a trabalhar com os Elementais da Água, das ervas, dos metais e pedras e cristais, estarei te esperando.

Ainda não é um Mestre Reiki?

Com alguns meses de dedicação e treino, toda pessoa consegue realizar ações como essas, basta querer, pois Reiki é uma Técnica de Terapia Holística reconhecida pela Organização Mundial da Saúde e até pelo SUS!

Seja você também um Mestre ou uma Mestre Reiki. Veja a opinião dos nossos alunos.

Oferecemos capacitação em Reiki Usui e Tibetano e em Reiki Elemental.

Escolha o seu! Estaremos te esperando!

Namastê!

Mestre Jairo Pereira