Mestres Elementais, além do Rei e do Ki

Como as demais Escolas e Linhagens do Reiki, um Mestre Reiki Elemental é um Mago, ou em outras palavras, um manipulador de energias.

 

Esse é um relato de uma Iniciação Elemental, o relato de uma aluna e na sequência, a explicação sobre como atuamos:

 

Boa Noite. Acabei de passar pela iniciação. A primeira imagem que veio à mente foi essa das cachoeiras. Em seguida, vi uma imagem movendo-se como cobra. Pareciam vários fósforos só que de tamanho maior, amarrados com uma corda no meio todos colados (parecia cartucho de metralhadora).

Depois ouvi sussurrar: "Gaia...Gaia..." várias vezes.

Aí apareceu a segunda imagem: o olho que tudo vê. Aí vi o fundo de um rio e um peixe boi. E por ele passou uma sereia nadando (o mais próximo que achei foi a terceira figura, mas sem golfinhos e sim peixe boi).

Ela tinha cabelo ruivo... os dedos das mãos eram ligados por membranas. Depois me vi em um mangue... Entre as raízes, vi subir seres semelhantes ao primeiro, era da cor da lama do mangue. Subindo pelos cipós das árvores do manguezal vi outro ser como esse, só que branco de cabelo verde e uma espécie de sapato verde tb.

Aí senti gosto de charuto na boca (???) Nunca fumei...

Saindo do mangue me vi em um campo onde havia uma onça deitada. Aos poucos a imagem da onça foi se difundindo com a de um lobo negro (que já vi em exercícios para descobrir animal de poder).

Senti aqui como se a chama da minha vela de sete dias ficasse forte, mas não abri os olhos. Tive a impressão que algo me observava, descendo da parede. Não achei figura semelhante ainda.

Ao terminar, me vi dentro da água olhando para o céu, em frente a uma cachoeira sussurrando "Gaia... Gaia... Gaia".

Ah! Durante o processo, bocejei muito. Vou tentar procurar uma figura semelhante ao que me observava e posto depois.

Gostaria de saber se há significado...relação... (durante a iniciação senti pressão no chakra laríngeo frontal e coronário... E a testa ficou quente... bocejei muito)

 

Ao longo de milênios, o conhecimento Elemental esteve restrito às Escolas Iniciáticas e foram preservadas pelos seus discípulos, mas também sobreviveram na tradição da cultura oral, passada de mestre para discípulo, nas mais diversas civilizações, sejam eles magos, druidas, sacerdotes ou sacerdotisas, magas, remontando suas origens à Atlântida e até antes dela, na Lemúria. Esse relato foi a experiência pessoal, que é única, de cada pessoa, conforme sua Ancestralidade. Alguns estão apenas reassumindo seus Graus.

O que diferencia a atuação de um Mestre Elemental dos demais, sejam xamãs, gnósticos, wicca, espiritas, umbandistas etc, é que respeitamos todas as religiões e crenças, mas não pertencemos a nenhuma.

 

Não somos dogmáticos, mas buscamos o Conhecimento e nessa era de Aquário, esses valores estão sendo redescoberto.

 

Um médium, um sensitivo, um empata, pode atuar como uma “ponte” entre dimensões, incorporando ou canalizando mensagens de nossos mentores ou pessoas nos planos espirituais ou físico, as incorporações entre vivos e a telepatia.

 

Nessas ocasiões, o limite da energia disponível para o médium é a sua própria força anímica, ou como os apometras chamam a força Zeta, uma energia que está sendo estudada e já foi comprovada pela Física Quântica.

 

É esse “quantum” de energia disponível para a atuação do médium, incorporado ou desdobrado em viagens astrais ou projeções, é a força que mantém unida a matéria do nosso corpo físico.

 

Se o médium der passagem para a incorporação, é o “quantum” energético disponível para seus Mestres, Guias e Mentores atuarem.

 

Esse é o fator limitante que obriga que o projetor retorne ao seu corpo, para se refazer, ou se for o caso de participar de uma equipe de Apometria, receber a doação de energia da corrente.

Um Mestre Reiki rompe essas limitações, pois possui a canalização de um quantum de energia infinito, podendo agir sozinho em uma escala planetária.

 

Mentores espirituais por diversas vezes afirmaram que em casos de desencarnes coletivos, traumáticos, sempre procuram por um mestre Reiki, para doar energia, pois a mesma é mais condensada e pura, o que facilita suas ações no plano espiritual, portanto, se você for reikiano e tiver um sono repentino ao longo do dia, se ative e durma, para atuar mesmo inconsciente.

 

Um Mestre Elemental, além da energia do Espirito, o “Rei”, e a energia anímica, a força Z, o “ki” do Reiki, também possui a outorga para se conectar diretamente com energias vibracionalmente mais intensas, as dos Elementos manifestados fisicamente na matéria: a Terra, a Água, o Fogo e o Ar.

Quer saber mais? Quer ativar a energia das ervas, das pedras e gemas, das velas, das águas e entrar em contato com os Elementais que cuidam e zelam por elas e pelos animais?

Seja um Mestre Reiki Elemental! 

Com alguns meses de dedicação e treino, toda pessoa consegue realizar ações como essas, basta querer, pois Reiki é uma Técnica de Terapia Holística reconhecida pela Organização Mundial da Saúde e até pelo SUS!

Seja você também um Mestre ou uma Mestre Reiki Elemental. Veja a opinião dos nossos alunos.

Oferecemos capacitação em Reiki Usui e Tibetano e em Reiki Elemental​. Escolha o seu!

Veja o conteúdo programático dos mesmos, confira a data da próxima turma e descubra uma nova realidade, que sempre esteve a sua volta!! Estaremos te esperando!

Namastê!

Mestre Jairo Pereira

O maior diferencial é que deixamos de ser passivos, apenas canalizando para nossos Mentores, Guias e Guardiões e passamos a atuar ativamente, como parceiros!

 

Com essa outorga eles passam a dispor de muito mais energia para atuarem e se você for um projetor, poderá usa-la em seus deslocamentos, trabalhando conjuntamente com eles.

 

Muitos optam pela busca frenética pela ascensão espiritual, se desligando de tudo que é do plano material, mas se estamos na matéria, nesse veículo de manifestação física que nos foi concedido, é por que deve existir um bom motivo e, se além disso, ganhamos habilidades extra-sensoriais mesmo antes de reencarnarmos, é por que temos uma missão a ser cumprida aqui no “Meio”!

Ainda não ascendemos, mas podemos atuar na reurbanização extrafísica de Gaia, auxiliando os que ainda estão “Embaixo”, no umbral, para que Finalmente Gaia possa mudar seu padrão vibracional, dando um passo para o “Alto”, deixando de ser um planeta de expiação para se tornar um planeta de regeneração.

O processo de aprendizagem de um Mestre Elemental nunca termina, mas passa por quatro etapas distintas, onde ele evolui ao longo do Tempo:

  1. O controle dos Elementais Internos, nossos pensamentos e emoções;

  2. O controle dos Elementos Terra, Água, Fogo e Ar;

  3. A conexão e harmonização com os Elementais, os seres que vivem nesses quatro reinos e conhecidos pelos nomes de Gnomos, Duendes, Trolls, Salamandras, Vulcanos, Sílfides, Ondinas, Nereidas e tantos outros, bem como com os elementares, a fauna e flora desses reinos;

  4. A conexão e harmonização com Elementais Planetários, os Logus, a alma de alguns planetas do nosso sistema e os Logus Lunar e Solar.

 

Imagine o volume de energia que um Mestre Elemental movimenta! Cura a cada toque e a cada passo! Basta pensar na energia de Gaia, nosso planeta e de tudo que o mesmo sustenta, a flora e fauna. São com essas energias que os Xamãs e Pajés atuam.

E então? Está esperando o que?

Se você estiver pronto ou pronta para reassumir o seu Grau, seu Intercessor Elemental irá guia-lo nessa jornada!

 

Sim, todos nós temos um Intercessor Elemental, uma das nossas personalidades guardadas nos nossos registros akhasicos, de um passado remoto, perdido nas noites do tempo, em um estágio da Evolução em que também já fomos um Elemental.